img1 img10 img11 img12 img13 img14 img2 img3 img5 img6 img7 img8 img9

BEM-VINDO AO CENTRO DAS TAIPAS

Somos uma Unidade da Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, especializada na abordagem multidisciplinar em dependências e comportamentos aditivos.

Para além da tradicional vertente do Tratamento também estamos ativos nas áreas da Reinserção, da Prevenção e da Redução de Riscos e Minimização de Danos. Nestas o nosso trabalho desenrola-se, regra geral, em associação com outras estruturas e recursos sociais já existentes no terreno.

Nas nossas instalações existe um Serviço de Consulta Externa, um Serviço de Terapias Medicamentosas (onde se procede à administração de medicamentos) uma Área de Dia, uma Unidade de Desabituação e um Serviço de Fisioterapia.
Temos ainda Consulta Materno-Infantil e consulta de Enfermagem.

Existem outras áreas nas quais nos empenhamos e que nos são particularmente queridas: trata-se da Investigação e da Formação (temos mesmo um Centro de Documentação onde é possível consultar trabalhos na área das Dependências).

Embora não tenhamos equipas a trabalhar nestas áreas em exclusividade, a dedicação dos nossos profissionais faz delas um emblema da casa – a procura do conhecimento e o gosto pela sua difusão são, para nós, um esforço permanente que tem anualmente o seu ponto alto no Outono, no congresso que então desenvolvemos.

Convidamo-lo a navegar no nosso site de modo a aperceber-se melhor de quem somos e dos serviços que temos ao seu dispor

 

 

XXXI ENCONTRO DAS TAIPAS

O Centro das Taipas realiza nos dias 8 e 9 de novembro de 2018 o seu XXXI Encontro, tendo como referência a Mudança.

A Mudança como processo evolutivo, nas instituições e na sua organização, nos comportamentos aditivos, nos pacientes e nos profissionais de saúde.

Pretendemos também refletir a importância do Cuidar numa época em que o Tempo está “comprimido”, uma vez que os recursos humanos estão em desequilíbrio face às necessidades de cuidados da população, em que a vida gira numa velocidade alarmante e a vivência do estar e ser é engolida pela necessidade do fazer e ter. Uma existência passiva onde o pensamento reflexivo é substituído pela massificação de informação que não é suscetível de elaboração.

Convidamo-lo a estar connosco nesta partilha de dois dias para a discussão destas temáticas.

A comissão organizadora do XXXI Encontro das Taipas

 


 

Cartaz XXXI 

 

Saiba mais

 

     

fibroscan

Como está a saúde do nosso fígado?

 O Fibroscan, ou elastografia hepática transitória veio revolucionar o mundo das doenças do fígado.


Surgiu em 2005, mais dirigido à hepatite C. Desde essa altura o número de biopsias veio a reduzir-se em cerca de 90%
É um exame muito fácil de realizar, demora cerca de 2 minutos e permite com um grau de certeza de 80% avaliar se existe ou não cirrose hepática. É um exame não invasivo, semelhante a uma ecografia, que não necessita de uma aprendizagem muito difícil. Não necessita internamento e pode ser repetido quantas vezes necessários. É semelhante a um sonar: a sonda emite ondas vibratórias que se propagam no fígado, avaliando o grau de fibrose. O aparelho fornece um valor numérico. Quanto mais elevado, maior grau de fibrose. A partir de um determinado valor, a probabilidade de cirrose é muito elevada. Os novos aparelhos também medem o grau de gordura do fígado. Se o fígado contém muita gordura, poderá desencadear inflamação (esteatohepatite) que também tem possibilidade de evoluir para cirrose e mesmo cancro de fígado

 

separador